Receita Santos para o mês de novembro: Bolo floresta negra

02 / 11 / 2018 —

Queremos que desfrute da sua cozinha com as mais diversas receitas, desde as mais simples às mais elaboradas. Só ou em companhia, em silêncio ou com a sua música preferida de fundo, num dia de chuva ou num dia quente de verão. Em novembro, convidamo-lo a experimentar esta receita de Bolo floresta negra.

  • Receita de bolo floresta negra no calendário 2018 de cozinhas Santos

Ingredientes (para um bolo de 23 cm ou 3 bolos de 18 cm)

 

 

Para o pão-de-ló

 

 

  1. 1 forma de 23 cm ou 3 formas de 18 cm, desmontáveis
  2. 130 g de farinha para bolos
  3. 20 g de maisena
  4. 170 g de açúcar
  5. 20 g de cacau em pó
  6. 10 g de café solúvel
  7. 6 ovos classe M à temperatura ambiente
  8. Manteiga e cacau em pó para polvilhar a forma ou spray antiaderente

 

 

Para o recheio e a decoração

 

 

  1. 1 copo grande de kirsch
  2. 1/2 copo da calda das cerejas
  3. 600 g de natas para bater
  4. 2 colheres de sopa de queijo creme
  5. 1 frasco de cerejas em calda
  6. 100 g de chocolate preto para culinária
  7. Cerejas frescas para decorar

 

 

Preparação

 

 

O pão-de-ló pode ser preparado com antecedência e reservado envolto em folha de alumínio.

 

Também é possível preparar o bolo de um dia para o outro, deixando a colocação das raspas de chocolate e cerejas frescas para o dia em que o for servir. Deste modo, o bolo irá assentar e as camadas de pão-de-ló ficarão mais húmidas e suculentas.

 

Preaqueça o forno a 210ºC com as resistências superior e inferior ligadas.

 

Forre o fundo de 3 formas desmontáveis de 18 cm ou da forma desmontável de 23 cm com papel vegetal.  Unte as paredes com spray antiaderente ou manteiga e cacau em pó. Reserve.

 

Peneire a farinha, a maisena, o cacau e o café solúvel e reserve. Misture os ovos com o açúcar e coloque a mistura em banho-maria, mexendo sempre com um batedor de varas, durante cerca de 2 a 3 minutos. Retire do banho-maria e continue a mexer a alta velocidade durante cerca de 10 minutos, até obter um creme espesso e esbranquiçado.

 

Adicione a mistura de farinha, em duas ou três vezes, à mistura de ovos, com movimentos envolventes. Distribua pelas três formas em quantidades iguais ou deite na forma de 23 cm.

 

Leve ao forno a 210°C durante 5 minutos e mais 12 minutos a 180°C, se forem utilizadas 3 formas. Se utilizar apenas uma forma de 23 cm, terá de levar ao forno a 210°C durante 10 minutos e, em seguida, reduzir a temperatura para 180°C, durante mais 30 minutos ou até que, enfiando um palito no meio, este saia limpo.

 

Retire do forno e deixe arrefecer sobre uma grelha. Desenforme e guarde em folha de alumínio até ao momento de utilizar.

 

Enquanto o bolo está no forno, pode preparar as raspas de chocolate. Para tal, derreta o chocolate em banho-maria ou no micro-ondas por curtos intervalos. Com a ajuda de uma espátula, espalhe uma camada muito fina de chocolate derretido sobre a bancada, de preferência de mármore. Deixe o chocolate endurecer, mas não totalmente. Com a ajuda de uma espátula ou uma faca colocada na diagonal, empurre o chocolate e vá levantando-o lentamente. Se estiver à temperatura adequada, o chocolate irá curvar-se por si próprio, formando raspas; se estiver ainda muito húmido, não se curvará. Reserve as raspas.

 

Quando for montar o bolo, bata as natas até ficarem firmes, juntamente com o açúcar e o queijo creme. O queijo creme não dará muito sabor, mas conferirá maior consistência ao recheio para suportar o peso. Reserve.

 

Escorra bem as cerejas em calda e reserve.

 

Comece a montar o bolo: se cozeu apenas um bolo, corte-o em 3 partes iguais com a ajuda de um corta bolos ou uma faca de serrilha. Poderá ser útil marcar as 3 camadas de pão-de-ló com palitos.

 

Coloque uma camada de pão-de-ló na base e regue-a com o kirsch e a calda. Humedeça generosamente, já que o pão-de-ló tem de ficar suculento. Barre com uma camada generosa de recheio e coloque as cerejas escorridas. Assim que o bolo estiver bem firme, é aconselhável montá-lo em duas ou três vezes, levando-o ao frigorífico após cada cobertura, para as natas solidificarem e o bolo adquirir consistência. Coloque a próxima camada de pão-de-ló, regue com o kirsch e a calda e cubra com uma generosa camada de recheio. Repita a operação para a terceira camada de pão-de-ló. Decore com cerejas frescas e lascas de chocolate.

 

Para ver imagens do processo de confeção e da apresentação final desta receita, visite o blog Sweet and sour.

  • Newsletter Santos

    Newsletter Santos —

    A atualidade da Santos,
    no seu email

Utilizamos cookies para asegurarnos de ofrecerle la mejor experiencia en nuestro sitio web.

Acepto Leer más